Comer a galinha?


Partilhar:

anedota

Supositórios para o alentejano


Partilhar:

Um alentejano vai ao médico e este receita-lhe uns supositórios.
Passados uns dias o homem regressa à consulta e o médico pergunta-lhe:
– Então, como é que se tem dado?
– Ó dôtor… Aquilo custa-me é munto a engolir aquélas côsas…
– Engolir? Mas… Você toma-os pela boca?
– Atom vocemessê queria que os metesse onde? No cú, não?

Toalhas grátis


Partilhar:

Dois alentejanos estavam a comentar as notícias do dia e encontram o seguinte título:
«Um partido humorístico islandês ganhou as eleições a prometer toalhas grátis.»
Disto, diz um dos alentejanos para o outro:
– Que falta de originalidade. Em Portugal tivemos um tipo que ganhou eleições porque prometeu 150 mil empregos!

Alentejanos zangados


Partilhar:

Dois alentejanos estão zangados há já muito tempo.
Certo dia, cruzam-se num caminho.
Um deles leva consigo um bovino.
O outro diz-lhe:
– Atão vai passear o boi?
O outro fica muito admirado e responde:
– Ó compadri… Atão, a gente já nã se falava há tanto tempo… Mas isto aqui nã é um boi, é uma vaca…
– Ê cá nã falê consigo, falê co a vaca!

Ninho de Elefantes


Partilhar:

Um alentejano argumentava com outro que tudo tinha explicação.
Nisto, passa um elefante a voar e o outro diz:
– Olhe lá! Um elefante a voar! Então? Qual é a explicação para isso?
O primeiro fica muito confuso e começa a coçar a cabeça.
Nisto, passa outro elefante, e o segundo homem torna a dizer:
– Outro elefante a voar! Então, essa explicação?
– Ai são dois? Então está explicado… É sinal de que têm ninho aqui perto!

3 de 41234