Abra a boca, Luisinha!


Partilhar:

A Luisinha foi ao dentista! Quando chegou a sua vez o doutor disse:
– Oh, Luisinha, senta-te aí e abre a boca!
– Muito obrigada senhor doutor! – responde a Luisinha.
– Então porquê Luisinha? – pergunta o doutor.
– Porque em minha casa estão sempre a dizer-me “cala a boca, fecha a boca, cala a boca, fecha a boca, …”

Anedota enviada por Xibanga.

Filhas das mães!


Partilhar:

Estavam três mulheres a conversar: uma morena, uma ruiva e outra loira.

Vira-se a morena e diz:
– Ontem eu encontrei um cigarro na bolsa da minha filha. Estou desesperada, nem acredito que ela fuma!

E então a ruiva diz:
– Que coincidência! Sabes o que é que eu encontrei ontem no casaco da minha filha? Uma mancha de cerveja! Conheci logo que verifiquei o cheiro! A última coisa que eu viria a pensar era
que ela bebesse… Que desilusão!

E entretanto a loira diz:
– Vocês nao adivinham o que eu encontrei no bolso das calças da minha filha!! Sabem o que encontrei? Um preservativo! Ainda me custa a acreditar que ela tem um pénis…

Anedota enviada por Cão Galhão.

Notas baixas


Partilhar:

O pai do Joãozinho ficou apavorado quando este lhe mostrou o boletim das notas escolares.
– Na minha época, as notas baixas eram punidas com uma boa surra!
Ao qual responde o Joãozinho:
– Boa pai! Que tal apanharmos o professor à saída amanhã?

Rio Nilo no Canadá


Partilhar:

O Joãozinho estava no quarto a rezer ferverosamente.
A mãe estranhou o facto. Pois afinal, ele nunca fora muito de rezar.
Resolveu ouvir o que ele pedia:
– Por favor, Deus, faz com que o rio Nilo passe no Canadá. Por favor, Deus, faz com que…
A mãe não resistiu e interrompeu perguntando:
– Porquê essa loucura de querer que o Rio Nilo passe pelo Canadá?
Ele respondeu:
Porque foi isso que eu escrevi na prova de Geografia!!! D:

Professor de ciências e a pata


Partilhar:

O professor de ciências era muito sábio, mas também excessivamente exigente. Um dia ele levou para a aula uma pata de um pássaro. Apontou para um aluno e perguntou:
— Olhando esta pata de pássaro responda-me: qual é a família, género e espécie do animal?
— Como é que eu vou saber isso tudo com uma pata? – respondeu o ano.
— Seu ignorante — gritou o professor. — Você está suspenso!
E pegando uma caneta e um papel, perguntou ao menino:
— Qual é o seu nome completo?
O menino estendeu a mão para o professor e disse:
— Adivinha!

Anedota enviada por Amilcar Alhão.