Máquina da Farmácia


Partilhar:

Um dia, Pedro queixou-se ao seu amigo, “Tenho tido muitas dores de cabeça. Acho que vou ao médico.” Seu amigo disse: “Não faça isso. Há um computador na farmácia que pode diagnosticar qualquer coisa e é mais rápido e mais barato que um médico. Basta dizer qual o problema, colocar uma amostra da sua urina, e o computador faz o diagnóstico e diz o que você deve fazer. E só custa 5 €. ”

Pedro não tinha nada a perder, então encheu um frasco com sua urina e foi até a farmácia. Encontrou o computador, colocou dentro a amostra e depositou os 5 €.

O computador começou a fazer ruídos e várias luzes começaram a piscar. Após uma breve pausa, sai do computador um pequeno pedaço de papel que dizia:

Você tem enxaqueca. Você precisa cuidar melhor de si mesmo. Descanse mais, beba muita água e evite luzes fortes, estresse e tensão. Volte aqui em 2 semanas.

Durante as duas semanas seguintes, Pedro pensou sobre como era incrível esta nova tecnologia e como ela iria mudar para sempre o curso da medicina, mas começou a perguntar-se se o computador poderia ser enganado. Ele decidiu tentar algo diferente: misturou água da torneira, uma amostra de fezes do seu cão, e amostras de urina de sua esposa e filha. Para confundir ainda mais o computador, ainda acrescentou um pouco de óleo do seu carro.

Ele voltou para a farmácia, localizou o computador, colocou a amostra dentro e depositou os 5 €. Mais uma vez, disse ao computador que sofria de dores de cabeça. Pedro aguardou com curiosidade para ver o que o computador iria dizer sobre a estranha mistura. A máquina novamente fez os ruídos habituais, luzes piscavam, até que saiu a seguinte análise:

– A água da sua torneira tem muito cloro.

– O seu cachorro está com micose.

– Sua filha adolescente está grávida.

– Sua esposa teve cinco amantes diferentes nos últimos seis meses.

– Além disso, seu carro precisa de um novo radiador.

– E você ainda não entende por que tem tanta dor de cabeça?

Anedota enviada por Amilcar Alho.

A senhora Amélia conhece todos


Partilhar:

Um advogado faz uma pergunta a uma idosa num tribunal. Mas não esperava esta resposta.

Durante um julgamento numa pequena cidade, o advogado de acusação chamou a sua primeira testemunha, uma velhinha de idade avançada. Ela sentou-se no banco e ele aproximou-se da testemunha e perguntou:

– Sra. Amélia, você conhece-me?

Ao que a velhota responde:

– Claro que te conheço. Conheço-te desde pequenino e, francamente, desiludiste-me. Mentes descaradamente, enganas a tua mulher, manipulas as pessoas e falas mal delas pelas costas. Julgas que és uma grande coisa mas eu nem para limpar fossas te contratava. Claro que te conheço, e bem!

O advogado ficou branco e sem saber o que fazer. Depois de pensar um pouco apontou para a outra ponta da sala e perguntou: – Sra Amélia, conhece o advogado de defesa? Responde a velhinha:

– Claro que sim. Também o conheço desde a infância. É frouxo, tem problemas com a bebida, não consegue ter uma relação normal com ninguém e como advogado bem… é um dos piores que já vi. Também sei que engana a mulher com três mulheres diferentes, uma das quais, curiosamente, é a tua mulher. Sim, conheço-o. Claro que sim.

– O advogado de defesa ficou em estado de choque.

O juiz chamou ambos os advogados para lhes dar uma palavra, e com uma voz muito baixinha disse-lhes:

– Se algum dos dois perguntar à velha se me conhece, juro que vão os dois presos.

Anedota enviada por João Fernandes.

Engenheiros e o carro


Partilhar:

Estavam 3 engenheiros num carro até que este avaria.
Diz o Eng. Mecânico:
– Isto é um problema mecânico, provavelmente a válvula.
Diz o Eng. Electrotécnico:
– Isto é definitivamente um problema eléctrico, um curto-circuito em qualquer sítio.
Diz o Eng. Informático:
– E se saíssemos e voltássemos a entrar?

Anedota enviada por Paco Nassa.

Piloto provador de vinhos


Partilhar:

Será que este piloto bêbado conseguiu ficar com a vaga de degustador de vinho?

Numa loja de vinhos, o provador havia falecido e o proprietário começou a buscar alguém que fizesse o trabalho.
Um oficial piloto, bêbado e velho se apresentou para solicitar o lugar.
O proprietário se perguntava como podia livrar-se dele.
Então deram um copo de vinho para ele tomar. O velho piloto provou e disse:
– É um Moscatel de três anos, elaborado com uvas colhidas na parte norte da região, guardado em um barril de carvalho. É de baixa qualidade, porém aceitável.
– Correto, outro copo por favor. – disse o chefe.
– É um Cabernet, de 8 anos, com uvas colhidas nas montanhas ao sul da região, guardado em barril de carvalho Americano a 8 graus de temperatura. Ainda faltam uns três anos para que alcance sua mais alta qualidade.
– Absolutamente correto. Um terceiro copo.
– É um champanhe elaborado com uvas pinot blanc de alta qualidade e exclusivas. Disse calmamente o bêbado.
O proprietário não acreditava no que estava vendo e fez um sinal com os olhos para sua secretária e pediu a ela que fizesse algo. Ela saiu da loja e regressou com um copo de urina.
O “bebum” provou e disse:
– É de uma ruiva de 26 anos de idade, com três meses de gravidez e se não me derem o emprego, digo quem é o pai!

Anedota enviada por 20 comer 100 cuecas.

Com duas mulheres na pizzaria


Partilhar:

Um homem vai a uma pizzaria agarrado a duas mulheres e pede duas pizzas.
E pergunta o empregado:
– São familiares?
Ao que o homem responde:
– Não, são p*tas, mas têm fome!

Anedota enviada por Amilcar Alhão.

1 de 6123456