O rapaz que queria ser escritor


Partilhar:

Um rapaz queria ser escritor e, em toda a sua infância, ele sentiu o desejo e a vocação para o ser.
Sempre que lhe perguntavam o que queria ser quando fosse grande, ele dizia que queria escrever coisas que todo o mundo viesse a ler. Que fizessem as pessoas emocionar-se, que as fizessem gritar, chorar, que lhes causasse desespero e raiva.
Anos mais tarde, o rapaz conseguiu concretizar o seu sonho: foi trabalhar para a Microsoft, escrever as mensagens de erro do Windows.

Comentar!