Quim Bolas


Partilhar:

Era uma vez, um boi que era apaixonado por uma vaca que morava do outro lado de uma cerca com arame farpado. Certo dia, cansado de esperar pelo amor da vaca, o boi resolveu saltar a cerca e apresentar-se à vaca.
– Olá vaquinha linda, como é que te chamas? – perguntou o boi.
Então a vaca alegremente respondeu:
– Meu nome é Florbela, mas podes-me chamar só de bela pois as flores estão no chão do campo. E o teu nome, qual é?
O boi, tristemente, respondeu:
– Meu nome é Quim Bolas, mas agora podes-me chamar só de Quim pois as bolas ficaram lá na cerca…

Anedota enviada por JáCinto Rego.

Sou o primeiro?


Partilhar:

Eles fazem amor, e ele pergunta:
– Sou o primeiro homem com quem te deitas?
Ao que responde ela:
– Com certeza, meu querido!
– Mas eu pergunto a mim mesma porque é que vocês homens. Fazem sempre a mesma pergunta?!…

Anedota enviada por Zeca Guedes.

Amigo da operação plástica


Partilhar:

Entre dois amigos:
– Porque estás triste?
– Emprestei 500 contos a um amigo para fazer uma operação plástica.
– E porque não lhe pedes que tos devolva?
– Porque não consigo reconhecê-lo.

Anedota enviada por Zeca Guedes.

Mandamentos da preguiça


Partilhar:

Os 10 Mandamentos da Preguiça

1- Nunca acabar o que se começa.
2- …

Anedota enviada por Zeca Guedes.

A loira e o limpa-neves


Partilhar:

Numa manhã de inverno um casal ouvia a rádio enquanto tomava o seu pequeno-almoço.
O locutor a dada altura diz:
“Hoje vamos ter neve. Prevê-se a formação de uma camada com 10 a 16 cm de espessura. Lembramos que devem arrumar os vossos carros no lado direito das ruas para permitir a intervenção dos limpa-neve.”
A mulher, loira e com elevado sentido de dever, imediatamente saiu e arrumou o carro no lado direito da rua.
Na semana seguinte novamente enquanto tomavam o seu pequeno-almoço ouvem pela rádio outro aviso:
“Hoje esperamos 20 a 25 cm de neve. Por favor arrumem os carros do lado esquerdo para permitir o trabalho dos limpa-neve.”
A boa mulher lá foi outra vez a correr para arrumar o carro do lado esquerdo da rua.
Passados mais uns dias, tudo se repete. Da rádio lá chega o aviso:
“Hoje esperamos que se formem camadas de 20 cm de neve. Por favor arrumem…”
A energia eléctrica subitamente faltou. O rádio calou-se…
A mulher ficou muito transtornada por não saber de que lado devia desta vez arrumar o carro.
-E agora o que faço? Logo faltou a luz nesta altura… Agora não sei de que lado da rua devo arrumar o carro!” Dizia ela aflita.
Então o marido, com muito amor e compreensão, diz-lhe tentando sossegá-la:
– Olha querida, porque é que, desta vez, não deixas ficar o carro quieto na garagem?

Anedota enviada por JáCinto Rego.