Loiras numa ilha


Partilhar:

Três loiras estão numa ilha quando encontram uma lâmpada mágica. Dela sai um génio que diz:
– Concedo-vos três desejos! Um a cada uma! Pedi!
A primeira pede:
– Quero ser inteligente!
O génio bate palmas e a loira transforma-se numa ruiva, que se dirige até à água e começa a nadar em direcção ao continente. Infelizmente, a meio do percurso, afoga-se.
A segunda pede:
– Quero ser ainda mais inteligente do que ela se tornou!
O génio bate palmas e a loira transforma-se numa morena, que se dirige ao mato, junta madeira, faz uma jangada, arrasta-a até à praia e inicia a sua travessia até ao continente. Infelizmente, a meio do percurso, com as ondas, a jangada desfaz-se e a morena afoga-se.
A terceira pede:
– Quero ser mesmo muito inteligente! Mais inteligente do que elas as duas juntas alguma vez sonharam!
O génio bate palmas e a loira transforma-se num homem, que atravessa a ponte que ligava a ilha ao continente.

100 euros por centímetro


Partilhar:

O Exército decide dar prémios aos seus soldados.
Cada militar tem que escolher dois pontos no corpo e recebe 100 euros por cada centímetro de distância entre eles.
O primeiro pede para ser medido da ponta dos pés até ao topo da cabeça.
1m80, 18,000 euros.
O segundo pede para ser medido da ponta dos pés até às pontas das mãos.
Estica-se todo, 2m10, 21,000 euros.
O terceiro, um soldado já velhote, diz:
– Da ponta da gaita até aos testículos!
– Ora… Guarde lá as graçolas para as raparigas. Diga lá de onde a onde é que vai ser.
– Já disse! Da ponta da gaita até aos testículos! Toca a medir!
– Pronto, está bem. Se é assim que quer, seja!
O soldado baixa as calças, o médico começa a desenrolar a fita e diz:
– Ui… Onde é que estão os seus testículos?
– Em Angola! Vá, vai desenrolando!

Elefante numa pata


Partilhar:

O que acontece quando um elefante se apoia numa pata?
O pato fica viúvo.

Diferença entre pão e loira


Partilhar:

Qual é a diferença entre um pão e uma loira?
O pão tem miolo.

Alentejanos zangados


Partilhar:

Dois alentejanos estão zangados há já muito tempo.
Certo dia, cruzam-se num caminho.
Um deles leva consigo um bovino.
O outro diz-lhe:
– Atão vai passear o boi?
O outro fica muito admirado e responde:
– Ó compadri… Atão, a gente já nã se falava há tanto tempo… Mas isto aqui nã é um boi, é uma vaca…
– Ê cá nã falê consigo, falê co a vaca!