Papagaio malcriado


Partilhar:

Quando a vizinha passava, o papagaio gritava-lhe:
– Bom dia, p*tona linda !
Todos os dias era isto, até que a mulher já farta, foi queixar-se ao dono do papagaio.

Este castigou-o pintando-o de preto.

No dia seguinte a vizinha passou e o papagaio não disse nada.
A mulher, com ar triunfante, provocou-o.

– Então agora estás calado , não é ?
O papagaio com ar importante e depreciativo, respondeu-lhe:
– Quando estou de smoking , não falo com p*tas!

Anedota enviada por Adolfo Dias.

Comentar!