Homem bom na cama


Partilhar:

Uma mulher, farta dos pontapés e das estaladas que o marido lhe dava quando estavam na cama, decide separar-se e pôr um anúncio no jornal, à procura de um homem que não desse pontapés, nem estaladas, mas que fosse bom na cama.
Certo dia, tocam à campainha e ela abre:
Era um homem sem braços e sem pernas, numa cadeira de rodas.
-O que é que o senhor deseja?
-Venho por causa do anúncio, como vê, não lhe posso dar pontapés, nem estaladas.
-Mas o senhor não deve ter lido o anúncio todo, eu pedia também um homem bom na cama.
-Oiça lá! E como é que julga que eu toquei à campainha.

Anedota enviada por Amilcar Alhão.

Falar em código sobre sexo


Partilhar:

A garota casa-se e vai viajar em Lua de Mel.
A mãe, preocupada com a felicidade sexual da filha, pede para ela lhe ligar sempre que possível para contar como o novo marido está se saindo.
— Mas, mamãe! E se ele estiver do meu lado?
— Não tem problema, minha filha! Vamos usar um código! Vamos falar em bifes. Cada transada é um bife, entendeu?
— Ok!
E a moça viajou. Dois dias depois, liga para a mãe:
— Ontem ele comeu um bife!
Na semana seguinte:
— Ele comeu só dois bifes essa semana!
Na outra semana:
— Essa semana ele comeu só um bifinho…
Inconformada, a mãe adverte:
— Não é possível, minha filha! Esse rapaz deve ter algum problema sério… Veja o seu pai: já estamos casados há mais de vinte anos e só ontem ele comeu três bifes, uma rabada e ainda lambeu a frigideira!

Anedota enviada por Jonathan Santos.