Falar em código sobre sexo


Partilhar:

A garota casa-se e vai viajar em Lua de Mel.
A mãe, preocupada com a felicidade sexual da filha, pede para ela lhe ligar sempre que possível para contar como o novo marido está se saindo.
— Mas, mamãe! E se ele estiver do meu lado?
— Não tem problema, minha filha! Vamos usar um código! Vamos falar em bifes. Cada transada é um bife, entendeu?
— Ok!
E a moça viajou. Dois dias depois, liga para a mãe:
— Ontem ele comeu um bife!
Na semana seguinte:
— Ele comeu só dois bifes essa semana!
Na outra semana:
— Essa semana ele comeu só um bifinho…
Inconformada, a mãe adverte:
— Não é possível, minha filha! Esse rapaz deve ter algum problema sério… Veja o seu pai: já estamos casados há mais de vinte anos e só ontem ele comeu três bifes, uma rabada e ainda lambeu a frigideira!

Anedota enviada por Jonathan Santos.

A mulher que atende o telefone do pai


Partilhar:

Uma mãe pede ao seu filho que ligue para o telemóvel do pai:
— Filho, diga que o jantar sairá em uma hora.
— Pode deixar, mãe. – responde o filho.
— E aí? O que ele disse? Já vem? – perguntou a mãe.
— Já liguei três vezes, mãe.
— E ele não atendeu?
— Atendeu. Mas sempre quem fala é uma mulher.
— O quê?! Deixa comigo. Ele vai ver quando chegar em casa.
Quando o pai aparece em casa, a mulher começa a gritar:
— Vem cá, filho! Conta o que a mulher disse para você no telefone!
— Ela disse: “O número para o qual você ligou encontra-se desligado ou fora de área de cobertura.”

Casamento entre um homem de 80 anos e uma rapariga de 20


Partilhar:

O casamento de um velhote de 80 anos e de uma rapariga de 20 era o motivo de todas as conversas na aldeia. Um ano depois do casamento, o casal apresenta-se no hospital para o nascimento do seu primeiro filho.

A parteira sai da sala de partos para felicitar o velhote e diz-lhe:
«É espantoso. Como é que consegue na sua idade?» O velho sorri e diz :
«Tem de se manter o motor a trabalhar.»

No ano seguinte, o casal aparece de novo no hospital para o nascimento do segundo filho.
A mesma enfermeira acompanha o parto e sai para felicitar o nosso velhote, dizendo-lhe: «O Senhor é incrível. Como é que consegue?»

O velho sorri e diz : «Tem de se manter o motor a trabalhar.»

Mais um ano e o casal aparece no hospital para o nascimento do terceiro filho. A mesma enfermeira acompanha uma vez mais o parto e, após o nascimento, vai de novo ter com o velhote, sorri-lhe e diz: «O Senhor é de facto incrível. Como é que consegue?»

O velho sorri e diz: «É como já lhe disse, tem de se manter o motor a trabalhar.»

A enfermeira continua a sorrir, dá-lhe uma pancadinha nas costas e diz-lhe : «Bom, creio que é altura de mudar o óleo, este ja saiu preto.»

Lesionado na véspera do casamento


Partilhar:

Um homem estava noivo. Na véspera do casamento, resolveu fazer uma partida de futebol com os amigos, para se despedir da vida de solteiro. A meio do jogo, há uma falta contra a equipa dele e ele fica na barreira. O atacante adversário chuta e… trás! Acerta em cheio nos países baixos do gajo, que cai logo cheio de dores. É levado para o hospital e nas urgências o médico diz-lhe:
– Oiça, não há maneira de engessar o seu Zé, por isso, vamos colocar umas talas de madeira para o imobilizar até melhorar.
– Mas doutor, eu vou casar amanhã.
– Só pode ser assim ou então não fica bom.
Inconformado, aceita pôr as talas de madeira. No dia seguinte, casa-se e os pombinhos vão para a lua de mel. Diz a esposa:
– Olha, meu querido eu tive outros namorados antes, mas nenhum deles me tocou. Guardei-me toda para ti, sou virgem.
Marido:
– Eu também … – baixa as calças e diz – Vês, o meu ainda está guardado na caixa!

O meu pai não gosta da minha namorada!


Partilhar:

2 de 3123