Está tudo certo, com esta errada piada sem graça


Partilhar:

Era meia-noite, o sol brilhava entre as trevas de um dia claro e bonito.
Um homem vestido sem roupas com as mãos nos bolsos, estava sentado em pé, numa pedra de pau à beira de um rio seco e dizia:
“Prefiro morrer do que perder a vida!”
Naquele momento, logo depois, um mudo disse a um surdo que estava intrigado pois um cego não parava de olhar para ele. Enquanto o surdo estava a ouvir o mudo a falar, um aleijado corria atrás de um carro parado.
Bem longe dali, porém muito perto, um senhor alto, moreno, careca, mas muito baixo, penteava cortando os seus longos cabelos loiros.
À noite durante o sono um homem sentiu uma apetitosa falta de comer um prato sem alimentos e viu peixes a nadar na relva verde, tartarugas a pular de galho em galho, enquanto bois nadavam num lago seco.
Enquanto outros se suicidavam pra viver, veio então um sujeito a comer um guardanapo a limpar a boca com um pedaço de bife, assim, começou a declarar uma poesia, porém calado dizia:
“Mais vale um vivo morto, que um morto vivo”
No dia a seguir, uma semana depois acordou então um homem com um despertador latindo, deitado no relógio, e preparou-se pra mais um dia de descanso, porém com muito trabalho…

Anedota enviada por JaCinto Leite.

[Vídeo] Jogo mais estranho de sempre


Partilhar:

Expliquem lá, por palavras vossas, em que consiste este jogo. Descrevam o conceito e o objetivo deste jogo. Pois, não conseguem, pois não? O melhor mesmo é rir! Ahah

Não estou certo se isto é um jogo ou se é apenas estupidez… O que acham? kkk

Posted by Só Rir on Quinta-feira, 6 de agosto de 2015