O filho e o carpinteiro encontram-se


Partilhar:

São Pedro queria ir almoçar e pediu a Jesus Cristo que ficasse no lugar dele por uns momentos!
Nisto, entra nas portas do Céu um velhinho, e Jesus pergunta-lhe:
-Então, vamos lá saber, quem és tu?
E o velho:
-Não sei… Já sou muito velhinho e não me lembro de nada!
A única coisa de que me recordo é que eu era carpinteiro e que o meu filho ficou famoso!
Então Jesus gritou, emocionado:
– Pai!!!!
E o velho:
-Pinóquio!

Anedota enviada por Zeca Galhão.

Más notas a matemática


Partilhar:

O miúdo estava a tirar péssimas notas a matemática. Os pais tentaram tudo: aulas particulares, brinquedos educativos, centros especializados, terapia, nada adiantou!
Certo dia, ouvem dizer que há uma escola de freiras no bairro que é muito boa e resolvem fazer mais essa tentativa.
No primeiro dia, o filho volta para casa com cara séria e vai directo ao quarto, sem sequer cumprimentar a mãe!
Senta-se à escrivaninha e estuda. Estuda sem parar!
A mãe chama-o para jantar.
Ele janta depressa e volta imediatamente aos estudos.
A mãe nem acredita! Isso dura algumas semanas.
Um dia, o rapaz volta para casa com as notas, que entrega à mãe: tirou vinte a matemática!
A mãe não se contém, e pergunta:
Filho, conta à mãe o que te fez mudar?! Foram as freiras?
O miúdo balança a cabeça negativamente.
O que foi, então? – insiste a mãe.
Foram os livros, a disciplina, a estrutura de ensino, o uniforme, os colegas? O que foi?
Ele olha para a mãe e diz:
No primeiro dia, quando vi um sujeito pregado a um “sinal mais”, percebi que elas não eram para brincadeiras.

Anedota enviada por Zeca Galhão.

Castigo para quem faz telefonemas


Partilhar:

O dono de uma casa comprou um papagaio e desde o primeiro dia foi sempre apanhando o bicho a fazer telefonemas.
Depois de o ter alertado inúmeras vezes e de o apanhar constantemente a fazer a mesma asneira, o homem recebe a conta do telefone: 2,500 euros!
O homem pega no papagaio, leva-o para a cave e fecha-o lá, de castigo.
Conforme o papagaio se começa a habituar à escuridão, começa a olhar em redor e vê uma cruz com Jesus Cristo.
Aproxima-se da cruz a diz:
– Olá!
Jesus responde-lhe:
– Olá.
– Olha… Estás aqui há muito tempo?
– Há 2,000 anos.
Diz o papagaio muito assustado:
– Bolas! Para onde é que ligaste?