O padre que nos casou


Partilhar:

Maldades dessas não se fazem!

padre que nos casou

– Amor, morreu o padre que nos casou!
– Castigo… Aqui se faz, aqui se paga!

Freira safada


Partilhar:

Uma freira foi a Fátima. E decide 2 dias depois regressar à sua terra, o Porto, e como não tem dinheiro, resolve pedir boleia. Um camionista resolve levá-la e no meio do caminho atira-se à freira e “come-a”.
Uns quilómetros mais à frente, volta a assediá-la, e…pimba, “come-a” outra vez. A freira resolve então rezar e começou a dizer:
-Ó meu Deus, perdoa-me pelo três pecados que eu cometi!
E vira-se o camionista:
-Três pecados? Mas nós só demos duas!…
-Está bem, mas daqui até ao Porto, ainda faltam alguns quilómetros!

Anedota enviada por Fodelícia dos Santos.

O miúdo partiu a estátua


Partilhar:

Estavam uns garotos a brincar no pátio da igreja por alturas do Natal. Até que um deles sem querer esbarra num dos bonecos do presépio e parte-o.
Passado um bocado, chega o padre:
-Quem é que partiu o pastor?
Todos ficam muito calados, até que depois de muita insistência o culpado acusa-se.
-Então tens que pagar o estrago.
-Eu não tenho dinheiro, senhor padre.
-Então paga o teu pai.
-Eu não tenho pai.
-Paga a tua mãe.
-Também não tenho mãe.
-Então não tens ninguém? És sózinho no mundo?
-Não! Eu tenho uma irmã mais velha.
-Pronto paga ela.
-Ela também não pode pagar, não tem dinheiro. É freira!
-Não se diz freira, diz-se esposa de Cristo.
-Ah! Então o meu cunhado que pague!

Anedota enviada por Zeca Galhão.

Mulheres do computador do papa


Partilhar:

Parece que há gente a precisar de roupa. Não isitem em ajudar estas pobres coitadas.

mulheres do computador do papa

«Querido Pai do Céu, este ano, por favor, mande roupas para todas aquelas pobres mulheres do computador do papá, Ámem»

Pão nosso de cada dia


Partilhar:

Uma garota, a irmã mais velha e a mãe estavam na igreja a rezar o Pai-Nosso.
Quando chega a parte do «Pão nosso de cada dia», a miúda vira-se para a Mãe:
– Ó Mãe, não era melhor pedirmos logo o pão para uma semana inteira?
A mais velha:
– Cala-te, pateta, pede-se todos os dias que é para ser sempre fresco e mole!

Anedota enviada por Amilcar Alhão.

1 de 3123