Promoção especial na paróquia


Partilhar:

Um padre recebeu um pedido urgente para ministrar a extrema-unção e como não podia deixar o confessionário vazio, pediu ao rabino vizinho, seu amigo, que ficasse no seu lugar.
— Você também é um sacerdote do mesmo Deus e acredito que não haverá problemas. Ouça umas confissões comigo e você vê como é que se faz.
O rabino sentou-se ao seu lado e observou cuidadosamente enquanto o padre recebia as confissões.
— Padre, eu cometi adultério.
— Quantas vezes?
— Três vezes.
— Reze duas avé-marias, ponha cinco euros na caixa das esmolas e não peque mais.
Mais tarde, outra mulher confessa ter cometido adultério.
— Quantas vezes? — pergunta o padre.
— Três vezes.
— Reze duas avé-marias, ponha cinco euros na caixa das esmolas e não peque mais.
Mais algumas confissões e o rabino declara-se capaz de substituir o padre e, momentos mais tarde, recebe a primeira senhora no confessionário.
— Padre, eu cometi adultério — confessa ela ao rabino.
— Quantas vezes?
— Ora, uma vez!
— Então vá lá e faça mais duas vezes, que estamos com uma promoção especial esta semana: três por cinco euros!

Anedota enviada por Vaca Galo.

Engenheiros e o carro


Partilhar:

Estavam 3 engenheiros num carro até que este avaria.
Diz o Eng. Mecânico:
– Isto é um problema mecânico, provavelmente a válvula.
Diz o Eng. Electrotécnico:
– Isto é definitivamente um problema eléctrico, um curto-circuito em qualquer sítio.
Diz o Eng. Informático:
– E se saíssemos e voltássemos a entrar?

Anedota enviada por Paco Nassa.

Tudo o que a mulher não usava


Partilhar:

A mulher chega a casa e encontra o marido, na cama, com outra, 25 anos, bonita, com tudo no sítio, bronzeada, cheia de amor para dar.
Arma o maior escabeche, mas o marido interrompe-a:
– Antes deverias ouvir como tudo isto aconteceu! Encontrei esta jovem na rua, maltrapilha, cansada e esfomeada. Então, com pena do estado dela, trouxe-a para casa.
– Servi-lhe o jantar que tu não comeste no dia anterior com a mania das dietas, guardei o jantar no frigorífico, lembras-te?
– Ela estava descalça, então dei-lhe aquele par de sapatos que, como foi a minha mãe que te deu, nunca usaste.
– Ela estava com sede e eu servi-lhe aquele vinho que estava guardado… Para aquele sábado que prometeste mas que nunca chega… Pois, dói-te a cabeça, estás cansada e tens muito que fazer.
– As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele par de jeans quase novo, que ainda estava em perfeito estado, mas não te servia.
– Como ela estava suja, aconselhei-a a tomar um banho. No final, dei-lhe aquela perfume francês novinho que nunca usaste porque não era a tua marca favorita.
Então quando já estava saciada perguntou: – Senhor, não tem mais nada que a sua esposa não use?
– Nem respondi!! Dei logo!!!

Anedota enviada por Berlusconadas.

Piloto provador de vinhos


Partilhar:

Será que este piloto bêbado conseguiu ficar com a vaga de degustador de vinho?

Numa loja de vinhos, o provador havia falecido e o proprietário começou a buscar alguém que fizesse o trabalho.
Um oficial piloto, bêbado e velho se apresentou para solicitar o lugar.
O proprietário se perguntava como podia livrar-se dele.
Então deram um copo de vinho para ele tomar. O velho piloto provou e disse:
– É um Moscatel de três anos, elaborado com uvas colhidas na parte norte da região, guardado em um barril de carvalho. É de baixa qualidade, porém aceitável.
– Correto, outro copo por favor. – disse o chefe.
– É um Cabernet, de 8 anos, com uvas colhidas nas montanhas ao sul da região, guardado em barril de carvalho Americano a 8 graus de temperatura. Ainda faltam uns três anos para que alcance sua mais alta qualidade.
– Absolutamente correto. Um terceiro copo.
– É um champanhe elaborado com uvas pinot blanc de alta qualidade e exclusivas. Disse calmamente o bêbado.
O proprietário não acreditava no que estava vendo e fez um sinal com os olhos para sua secretária e pediu a ela que fizesse algo. Ela saiu da loja e regressou com um copo de urina.
O “bebum” provou e disse:
– É de uma ruiva de 26 anos de idade, com três meses de gravidez e se não me derem o emprego, digo quem é o pai!

Anedota enviada por 20 comer 100 cuecas.

Criança de cor?


Partilhar:

Quando nasci, era preto.
Quando cresci, era preto.
Quando pego sol, fico preto.
Quando sinto frio, continuo preto.
Quando estou assustado, também fico preto.
Quando estou doente, preto.
E, quando eu morrer continuarei preto !

E tu, cara branco.
Quando nasce, é rosa.
Quando cresce, é branco.
Quando pega sol, fica vermelho.
Quando sente frio, fica roxo.
Quando se assusta, fica amarelo.
Quando está doente, fica verde.
Quando morrer, ficará cinzento.

E vem me chamar de homem de cor ?

(Escrito por uma criança Angolana)

Enviado por Edson.

3 de 7612345678...Fim »